Colocando seu imóvel para alugar no final de ano

O fim de ano chegou! Essa é a temporada perfeita para viajar e passear. E se o clima é bom para quem quer sair de casa, é ainda melhor para quem tem uma para alugar.

Quem disponibiliza o imóvel o ano inteiro para os hóspedes, vê a demanda aumentar no verão. É negócio garantido! Mas para aqueles que locam apenas na temporada, a correria para anunciar e destacar o apartamento ou casa se intensifica no último trimestre.

Nessa hora, algumas dúvidas surgem, especialmente para quem é locatário de primeira viagem. Como faço para alugar de forma legal? Quanto devo cobrar? Como posso destacar e colocar meu imóvel na busca de quem está procurando alugar?

Para esclarecer algumas dessas dúvidas, a Forme listou 5 dicas de como colocar um imóvel para alugar:

Faça uma vistoria
Se você ainda não tem noção de como precificar, aposte em uma vistoria. O processo é documentado e conta com o auxílio de um profissional experiente. Isso garante que você alugue com mais agilidade, por um preço justo e sem que nada saia fora do planejado.

Além de tudo, a vistoria servirá como uma garantia. Com ela, você pode comprovar que qualquer defeito decorrente da falta de cuidado do locador não é culpa sua. E, caso haja um defeito estrutural, você poderá já prever na negociação, evitando dores de cabeça futuras.

Anuncie
Tudo em ordem e documentado? É hora de colocar para alugar! Aqui você precisará de um pouco mais de criatividade. Boas fotos, que valorizem o diferencial do seu imóvel e uma descrição verídica e instigante ajudarão muito no processo.

Coloque-se no lugar da pessoa que pode vir a se interessar pelo seu imóvel. O que ela gostaria de ter? O que a locação tem a oferecer e quais os seus benefícios?

Você deverá encontrar também uma ou mais plataformas seguras e preferencialmente com grande visibilidade para cadastrar a sua venda. Uma vez colocado lá, veja diariamente se pessoas entraram em contato e mantenha-se aberto a negociações.

Faça um bom contrato
Encontrado o seu inquilino, está na hora de levar adiante a negociação e firmar um bom contrato. Ele deve ser bem detalhado quanto ao tempo de locação, reajustes, condições e cláusulas, bem como estabelecer todas as possíveis situações, requisitos e garantias.

Estabeleça garantias
E por falar nelas, lembre-se de averiguar as condições de pagamento do inquilino. Essa é a sua maneira de assegurar que o pagamento seja feito, independente da situação. Casos de aluguel para temporada são mais curtos e simples, mas é justamente aí que muitos erram.

Mesmo que seja por apenas um dia, certifique que a parte locatária conseguirá arcar com as despesas. Existem diversas opções para isso, como fiador comum, seguro fiança e fiança locatária.

Conte com uma imobiliária
Bastante coisa para se pensar, não é mesmo? As burocracias envolvidas podem desanimar muitos locadores de fazer aquela renda extra com seu imóvel. Mas não existe razão para isso! Todas as etapas do processo citadas anteriormente são fácil e rotineiramente realizadas por uma imobiliária.

Além de facilitar muito para o locador, a contratação de corretor tornará tudo mais seguro e certo, dada a sua experiência profissional.

Se você não tem muito tempo disponível ou não quer lidar com essas burocracias, essa pode ser uma ótima opção. Falamos um pouco mais sobre as razões para contratar um corretor no nosso outro artigo “5 motivos para você contratar um corretor de imóveis”.

Agora é hora de aproveitar essa renda extra e planejar você as suas férias! Nada melhor que isso, não é mesmo?

Neste artigo, ensinamos de forma simples como colocar o seu imóvel para alugar nessa alta temporada. Se gostou desse conteúdo, continue acompanhando o blog Forme Imóveis.

Siga-nos também nas redes sociais!